Projeto: “Grafismos indígenas: possíveis diálogos estéticos e criativos”

O Projeto de Exposição “Grafismos Indígenas: possíveis diálogos estéticos e criativos”, foi
desenvolvido durante as aulas de arte com alunos dos 1ºs Etims Nutri, Adm, Química e
2ºNutri durante o 1ºbimestre de 2016. A idealizadora e responsável pelo projeto foi a professora Fátima Miranda.
A proposta deste trabalho recai sobre as múltiplas possibilidades visuais e estéticas diante
da observação de referências de grafismos indígenas de várias etnias, que a priori,
apresentam-se em p x b (preto e branco) e a posteriori, são reelaboradas com cores diversas
pelos alunos.
Os grafismos representam as primeiras grafias, desenhos, riscaduras dos povos originários, e
permanecem até os nossos dias atuais. Representam as maneiras socioculturais desses
povos, identificando-os perante suas diversidades.
Enquanto no século XV, o Renascimento europeu florescia em meio às ciências e às artes,
povos ditos subdesenvolvidos já possuíam sua cultura própria, seu modo de ver e interpretar
o mundo, a Natureza, com significados e simbologias bem diferentes da sociedade europeia.
Os grafismos indígenas podem ser reintroduzidos, reelaborados nos nossos dias atuais
através do diálogo visual, quando há possibilidades de representá-los, respeitando-se no
entanto, a sua origem primeira.
A seguir, o processo de desenvolvimento das pinturas coletivas sobre grafismos indígenas,
feitas com tinta guache sobre papel kraft:
Alunos dos 1ºanos Etims (Nutri, ADM, Química) e 2ºano Nutri:

art3 art4 art5 art6 art7 art8 art9 art10 art11 art1 art2

 

Comments are closed.